Santa Resistência

Rio de Janeiro,

Ajude-nos a conhecê-lo, nos contando sobre o seu negócio e as causas que ele apoia

A Santa Resistência foi criada em 2015 à partir de uma virada na minha trajetória profissional, onde, após me realizar como Engenheira na VARIG e Exército Brasileiro, decidi ser dona do meu próprio negócio e ter mais qualidade de vida. Sempre houve uma inquietação e insatisfação minha com relação ao que era oferecido como moda no Brasil. Eu não via uma moda que contemplasse a mulher consciente de sua negritude, madura, profissional, poderosa e marcante e como muitas, comecei desenhando para mim. Criei a Santa Resistência, uma marca slow fashion, autoral, com uma moda consciente e tem sido a minha paixão desde sempre.
Hoje desfilamos não São Paulo fashion week, pertenço ao movimento Elle de sustentabilidade, ao movimento Sou de Algodão, possuo empresas têxteis apoiadoras certificadas com produtos sustentáveis, a minha cadeia de produção recebe um valor justo pelo seu trabalho e é formada por mães solo e uma mulher trans.
Minha moda prima pelo sustentável e pelo social.

Como você utilizaria o valor da premiação para impulsionar sua empresa?

A Santa Resistência está em ascensão e tenho interesse em estar em mais pontos de vendas espalhados pelo Brasil e também exportar minha moda, mostrando a qualidade do produto nacional. Como trabalho com matéria prima certificados e rastreável, o valor é mais alto e com o prêmio eu conseguiria adquiri matéria prima e investiria em produtos mais sofisticados para por nestes pontos de venda.
Também investiria mais no artesanal, trazendo crochê, rendas do Ceará, fuxico e madeira de reflorestamento.
Quero também dar um retorno a minha comunidade em forma de oficinas de modelagem e empreendedorismo.

Mais alguma coisa que você gostaria que soubéssemos sobre sua empresa, sua experiência com a FedEx ou um comentário geral?

Quando uma empresa apoia um afroempreendedor, está apoiando muitas famílias que pertencem à cadeia de produção e que recebem um valor justo pelo seu trabalho. Minha moda prima pelo sustentável e pelo social, esses são os pilares da Santa Resistência

Ressalto a importância de apoiar o pequeno empreendedor que luta para manter seu negócio de pé e a minha marca fortalece a economia gerando renda para cinco famílias de mães solos de áreas carentes do Rio de Janeiro e as minhas peças são feitas com tecidos que possuem rastreabilidade e sustentabilidade

Santa Resistência

Galeria