src=

Rustiquei

Ananindeua,

Ajude-nos a conhecê-lo, nos contando sobre o seu negócio e as causas que ele apoia

A Rustiquei veio para mudar minha vida e da minha família para melhor. Um mês antes da pandemia inaugurei um empreendimento, na época, eu estava com pouquíssimo recurso financeiro e meu pai desempregado, então não tive dinheiro para colocar vidro na fachada, dessa forma me veio a brilhante ideia de utilizar pallet reciclado, por ser adepta a reciclagem, então adquirir o material e meu pai sem ter experiência, transformou em fachada e fabricou os móveis para imobiliar o salão de beleza. Ficou tão lindo que chamou muito a atenção de quem passava, as pessoas iam lá só para tirar fotos (risos). Porém o negócio em si não deu certo, por conta do lockdown tivemos que fechar as portas. Entretanto, nesse intervalo de tempo meu pai fez um móvel para nossa sala e eu resolvi postar a foto, o que teve uma procura expressiva de interessados. E assim nasceu a Rustiquei, de um "fracasso" ressurgimos das cinzas e meu coração é só gratidão. E temos tanto orgulho dos nossos lindos móveis reciclados.

Como você utilizaria o valor da premiação para impulsionar sua empresa?

Hoje nossa maior necessidade é a de expansão, principalmente a virtual. Pois equivale a 90% dos nossos fechamentos. A intenção é entregar para o Brasil inteiro. Intensificar no marketing digital é algo prioritário.
Nosso espaço de produção ainda é pequeno e por hora não conseguimos inaugurar a loja física e/ou franquear, que também é uma das metas futuras, mas ainda estamos nos organizando financeiramente pois temos débitos do investimento inicial.

Mais alguma coisa que você gostaria que soubéssemos sobre sua empresa, sua experiência com a FedEx ou um comentário geral?

Nosso maquinário foi comprado pela Internet, e como ainda somos de porte pequeno, geralmente compramos quando já estamos com a necessidade imediata daquele determinado equipamento, e um dos motivos mais fortes no ato da compra é o menor prazo de entrega possível, o que faz toda a diferença para darmos continuidade na produção dos móveis. Começamos no pátio de casa, com um martelo, uma cerra mármore e um serrote. Hoje já estamos com algumas máquinas semi profissionais e um ponto comercial alugado, o que nos enche de orgulho. A Rustiquei atualmente sustenta minha família e eu. E não abro mão de utilizar produtos reciclados, estamos dando destino a materiais que antes eram jogados fora. É um serviço artesal, dificultoso, mas o resultado sempre me alegra bastante. E ainda conto com a magnífica ajuda da minha avó que faz as capas das almofadas quando os clientes encomendam sofás. E contratamos free-lancers em altas demandas, gerando emprego e renda, é só felicidade!

Rustiquei

Galeria