Marulho

Angra dos Reis,

Ajude-nos a conhecê-lo, nos contando sobre o seu negócio e as causas que ele apoia

Somos um negócio de impacto socioambiental focado na interceptação de redes de pesca descartadas, material que não é reciclável e se acaba no oceano causa a chamada pesca fantasma, que mata até 25 milhões de animais marinhos por ano só no Brasil.
As redes são coletadas, evitando esse problema ambiental, e transformadas em novos produtos como bolsas e sacolas pelos próprios pescadores das comunidades caiçaras de Ilha Grande, em um processo manual que preserva os saberes tradicionais e gera renda para a comunidade. Nossos produtos substituem o plástico virgem de uso único, além de promoverem a conscientização ambiental sobre a pesca fantasma dos clientes.
Em 2021, mais de 500 kg de redes de pesca foram redestinados, 74 mil reais foram gerados somente para a comunidade local e 8000 produtos produzidos. Também trabalhamos para transmitir o conhecimento de costura das redes para mais mulheres, e já realizamos 22 oficinas para transmitir esse conhecimento para os grupos excluídos.

Como você utilizaria o valor da premiação para impulsionar sua empresa?

A Marulho criou seu modelo de negócio em julho de 2020, em meados da pandemia, tendo a necessidade como força motriz em um momento onde o turismo na Ilha Grande estava paralisado e as pessoas sem renda. Nestes 2 anos de atuação, a empresa conseguiu estruturar e crescer sua produção, contribuindo significativamente para a renda dos colaboradores locais. Contudo, a empresa ainda não possui sustentabilidade financeira e encontra-se em fase de tração.

O prêmio Fedex contribuiria enormemente para dar esse empurrão e ampliar o impacto da empresa na Baia da Ilha Grande, permitindo o pagamento justo dos colaboradores locais, a propagação dos saberes caiçaras, o desenvolvimento de novos produtos, desenvolvimento de estratégias para o envio internacional dos produtos (demanda já existente e não atendida), a transição de MEI para ME, e assim contribuindo para interceptar 1,5 toneladas de redes e gerar de mais de 150 mil reais para os pescadores locais!

Mais alguma coisa que você gostaria que soubéssemos sobre sua empresa, sua experiência com a FedEx ou um comentário geral?

Nossa empresa sempre busca unir o conhecimento tradicional com o científico, realizando a medição de impacto por meio da dissertação de mestrado de Beatriz Mattiuzzo no programa de Pós-Graduação em práticas de Desenvolvimento Sustentável da UFRRJ. Durante esse estudo, foi constatado que a solução aplicada pela empresa beneficia os caiçaras, por gerar renda, valorizar os conhecimentos, ser um trabalho de pouco esforço físico e independente das condições climáticas e promover a inclusão de mulheres e jovens. Investimos também na capacitação de nossa equipe, tendo participado do programa Impacta – Aceleração para negócio sociais do Sebrae-RJ e recebendo premiações de Ecoa UOL e Ago Social.
Desejamos investir na exportação dos produtos de rede de pesca por entender que é uma forma de ampliar seu impacto, captando clientes e marcas internacionais substituam as embalagens pelos saquinhos feitos de rede de pesca e o apoio da Fedex seria muito importante para realizar isso.

Marulho Marulho

Galeria